Atendimento: 0800 038 6096 ou Ligue Aqui

Quem Somos

“Seja a mudança que você quer ver no mundo.”
Mahatma Gandhi

A CAPACITARSE possui compromisso com a qualidade do ensino. Neste sentido, a competência política e técnica decorrem da capacidade crítica e criativa da instituição, considerando o aluno como cidadão que deve ter uma visão holística da sociedade, nela interagindo e promovendo modificações em benefício da qualidade de vida.

Reforçamos o compromisso ético com o desenvolvimento do país, aderindo à política de inclusão sócio educacional com um olhar no futuro da Educação apoiada por tecnologias inovadoras e outro olhar nas experiências bem sucedidas nessa modalidade educacional.

MISSÃO

Serem um dos principais centros de excelência do país através da educação de qualidade, com a prática do ensino, da pesquisa aplicada e da extensão, transformando a sociedade moderna. Formar pessoas que vão mudar o mundo através da educação.

quemsomos-marcas

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Art. 1º .    Este Regimento de caráter normativo, expressará os aspectos organizacionais, curriculares e legais da ESCOLA POLITECNICA DO NORDESTE LTDA-ME –  ESCOLA POLITÉCNICA ,  se sua Sede , de seus Polos e  Unidades Remotas .

Ar.2º.       A INSTITUIÇÃO rege-se pela Lei Federal 9.394/96 e demais diplomas legais que disciplinam a educação profissional de técnico, pelas normatizações do Sistema de Ensino em que a instituição atuar e por este Regimento.

CAPÍTULO TÍTULO II
DA CARACTERIZAÇÃO DO ESTABELECIMENTO

DA DENOMINAÇÃO, PROPRIEDADE E LOCALIZAÇÃO

Art. 3º .    A instituição  ESCOLA POLITÉCNICA DO NORDESTE LTDA-ME – , também identificada com nome Fantasia CEPROVA ou ESCOLA POLITÉCNICA ou POLITÉCNICA  pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ nº 08.305.857/0001-21, com sede à Matriz localizada  à Av. Nascimento de Castro , 1913 ,Bairro Lagoa Nova na cidade de Natal-RN.

  • 1º . A INSTITUIÇÃO   funcionará, nos  (03) turnos ministrando a Educação Profissional  .
  • 2º. A ESCOLA POLITÉCNICA DO NORDESTE LTDA-ME, como instituição educacional tem por finalidade ministrar a educação básica nos níveis: Médio e Modalidade Educação de Jovens e Adultos, Educação Técnica de Nível Médio , cursos Profissionalizantes , cursos de qualificação profissional e especialização técnica , conforme a legislação educacional vigente, proporcionando o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.
  • 3º. Para denominação e identificação dos Polos o mesmo recebera subsequente ao nome POLO a denominação da Cidade em que se localiza e quando da existência de mais de um Polo na mesma cidade o numeral sequencial de identificação , a exemplo : CIDADE II.

CAPÍTULO II
DAS FINALIDADES DA EDUCAÇÃO ESCOLAR

Art. 4º.       A organização escolar deverá proporcionar ao educando a formação necessária ao desenvolvimento de suas potencialidades como elemento de auto-realização e preparo para o exercício consciente da cidadania, assegurando ao mesmo a compreensão crítica da realidade e possibilidade de intervir com competência no mundo do  trabalho e exercer os direitos políticos, sociais, econômicos e culturais na sociedade,  para que isto ocorra, a INSTITUIÇÃO   pretende:

  • formar, qualificar e especializar profissionais, utilizando o ensino presencial e a distancia , através da oferta de:
  1. a) cursos de formação inicial e continuada de trabalhadores;
  2. b) cursos de extensão / qualificação ,
  3. c) cursos técnicos de nível médio, desenvolvidos na forma integrada, concomitante ou subseqüente;

II-     desenvolver pesquisa aplicada e sustentável de novos processos, produtos e serviços, em estreita articulação com os setores produtivos da sociedade;

III-    prestar serviços à sociedade organizada através de atividades de extensão, integrando a comunidade escolar com os setores produtivos, inclusive com o terceiro setor, realizando:

  1. a) ações convergentes para a inclusão social, sobretudo para a inclusão digital;
  2. b) incubação de empresas;
  3. c) prestação de serviços em cada área de atuação, articulando alunos e educadores da comunidade com os setores produtivos;
    • promover o intercâmbio cultural, técnico e científico com instituições nacionais e/ou internacionais, promovendo o desenvolvimento de atividades de ensino.

Parceiros